Image Map

10 de jun de 2014

2° Temporada: Tarde Demais Pra Esquecer - 21° Capítulo

|


Claudia: Filha, se acalma! *pediu, colocando a mão no ombro de Lua* Tuberculose tem cura e o Arthur é um menino forte, ele vai se curar.

Lua: Eu não posso deixar ele sozinho nessa.

Sussurrou mais para si do que para 
Claudia, com um olhar perdido. Não podia acreditar no que estava acontecendo, Arthur não podia estar doente, não o seu Arthur.
Claudia: O que pensa em fazer?

Lua levantou a cabeça e mirou, finalmente, sua mãe. Engoliu seco, sentindo um nó se formar em sua garganta, não pensou mais e tomou, por fim, a decisão que por algum tempo rondava em sua cabeça... voltar ao Brasil.

Lua: Eu vou voltar, mamãe.

Claudia: Voltar? Pro Brasil? *alterou um pouco a voz, negando com a cabeça* Mas Lu...

Lua: Não posso deixa-lo sozinho nessa, eu vou ficar com ele.

Claudia: Você tem uma vida aqui, filha... e ele não está sozinho, ele tem os pais, os amigos.*suspirou, ajeitando o cabelo* Liga para ele, mas filha... não tem necessidade para voltar!

Lua: Não tem mais o que falar mamãe! Amanhã mesmo já vou comprar minha passagem para daqui uma semana... que será o tempo suficiente para ajeitar tudo aqui.

Claudia: E eu?

Lua: Venha comigo também.

Claudia: Filha, pensa direito... não tome decisões antecipadas!

Lua: Eu já to decidida, mãe! E espero que a senhora entenda e venha junto comigo.
Claudia não disse mais nada, apenas balançou a cabeça, levantou do sofá e saiu da sala. Lua revirou os olhos e deixou sua cabeça repousar no encosto do sofá. Estava sentindo um vazio em seu coração, não conseguia imaginar um homem como Arthur com uma enfermidade dessas, mas agora, faria o que era certo... voltaria para o Brasil, voltaria para ele.

Uma semana tinha se passado e com ela grandes mudanças. Lua como tinha dito, estava decidida e com tudo pronto para voltar ao Brasil. Pediu demissão a Francisco, para se prevenir logo, marcou uma consulta médica, onde o diagnóstico disse que ela tinha um sistema imunológico forte e que se a tuberculose de Arthur estivesse mesmo no inicio, não teria quase nenhuma chance de contaminação. Também recebeu uma festa de despedida organizada por Ivalu e seus amigos mais próximos, e até já tinha conseguido um emprego no Brasil. O único que sabia de sua volta, era Billy... queria fazer surpresa a Arthur e para todos os outros. Claudia, teve que aceitar a volta da filha e ir junto com ela. Mas no fundo, não considerava uma boa ideia, tinha medo que Lua se contaminasse também, mesmo que a loira tivesse feito os exames e demonstrasse que a chance de contaminação era quase nula, Claudia ainda sim sentia medo. Era sábado, ás nove horas da manhã, Lua e Claudia estavam no aeroporto internacional de Barcelona, esperando o voo de ambas serem chamados.

Claudia: Filha *olhou para Lua, segurando a mão da mesma* Você tem certeza do que está fazendo?

Atenção passageiros do voo 177 com destino ao Rio de Janeiro,embarque imediato no portão 6.

Lua: Absoluta! *respirou fundo e continuou* Agora vamos que é o nosso voo.

Lua levantou da cadeira, pegando sua bolsa. Claudia suspirou, e tirou o passaporte seu e deu sua filha da bolsa e as duas foram andando até a fila do embarque. Tanto mãe e quando filha estavam muito abaladas com tudo que estava acontecendo. Lua olhou para trás e rapidamente um flash de todos os momentos que tinha vivido em Barcelona lhe passou a mente. Os amigos que tinha feito, o trabalho que tinha abandonado, enfim, todas as coisas que tinha conquistado ali estava deixando para trás. Mas já tinha passado por isso a seis anos e bem mais difícil que agora, então sabia que ia conseguir aguentar. Suspirou sentindo uma lágrima descer em seu rosto e logo a limpou por debaixo dos óculos escuro que usava. Viu a fila andando e começou a dar passos lentos. Depois de seis anos tinha chegado o momento de encarar todo seu passado e seu futuro.


Um comentário :

  1. MDS *0* PRFT, PFRT,PFRT, shuashua
    Cada dia você se supera,você escreve muito bem,parabéns *-*
    Posta mais,não me faça ter uma para cardíaca kakakak ♥♥♥
    Ass:Manda

    ResponderExcluir

*Nada de comentários do tipo "FIRST", indicando que você foi o primeiro a comentar. Isso é ridículo e não acrescenta nada à blogosfera.
*Críticas também são bem-vindas, mas tenha educação ao escrever.
*Só faça comentários a respeito do tema.
*Se quiser fazer propaganda, entre em contato pela c-box.
*Não envie comentários repetidos.
*Não agrida a equipe, por favor.

Agora é só comentar..

Design por: Deborah Sophia - Adapta��o do c�digo por: Bruna Oliveira - C�digo base por: Luiz Felipe